CONTAGEM CLASSIFICATÓRIA DE VEÍCULOS POR EIXOS COM TUBOS PNEUMÁTICOS

Consegue-se classificar os veículos que circulam na via quanto ao número de eixos e velocidade fixando-se sensores de tubos pneumáticos sobre cada faixa de rolamento.

Durante a instalação dos tubos pneumáticos, a intervenção na via é feita em um dos sentidos do fluxo por vez, afetando durante o menor tempo possível o deslocamento do tráfego.

A pressão exercida pelos eixos de cada veículo que passa sobre os tubos pneumáticos envia sinais para o aparelho eletrônico instalado em abrigo protegido a margem da via, garantindo segurança ao aparelho e operação durante todo o período da classificação sem a presença de operadores.

A medida que os eixos são detectados, os sinais são processados na unidade eletrônica, classificando corretamente o veículo e armazenando as informações em sua memória que posteriormente será descarregada para a geração do relatório estatístico dentro do período preestabelecido.

O relatório apresenta as informações estatísticas com os totais horários, volume total diário e volume médio diário (VMD) para cada classe de veículos de acordo com a tabela 1 apresentada abaixo, incluindo também os dados resumidos para cada semana completa de classificação.

Tabela 1 - Classificação de Veículos por Eixos com Tubos Pneumáticos

Configuração da Instalação com Tubos Pneumáticos

Instalação dos Tubos Pneumáticos

Operação de Contagem Classificatória por comprimento do veículo e velocidade

Operação de Contagem Classificatória por comprimento do veículo e velocidade

CONTAGEM CLASSIFICATÓRIA DE VEÍCULOS POR COMPRIMENTO COM LAÇOS INDUTIVOS

Consegue-se classificar os veículos que circulam na via quanto aos seus comprimentos e velocidade, enquadrando-os nas categorias moto, passeio e comerciais embutindo-se sensores de laços indutivos magnéticos (loops) em cada faixa de rolamento.

Durante a instalação dos laços indutivos, é feito o corte no asfalto, a instalação do laço, a selagem e posteriormente a liberação da via. Os sinais dos laços indutivos são então enviados pela linha de transmissão até a eletrônica abrigada a margem da via que classifica com excelente precisão os veículos quanto ao comprimento e velocidade. Esses dados são então armazenados na memória interna e posteriormente descarregados para a emissão do relatório.

A operação do equipamento durante todo o período da classificação é feita sem a presença de operadores.

O relatório apresenta as informações estatísticas com os totais horários, volume total diário e volume médio diário (VMD) para cada classe de veículos de acordo com a tabela a seguir, incluindo também os dados resumidos para cada semana completa de classificação.

Tabela 2 - Classificação de Veículos por Comprimento com Laços Indutivos

Configuração da Instalação com Laços Indutivos

Instalação dos Laços Indutivos

Operação de Contagem Classificatória por comprimento do veículo e velocidade

Operação de Contagem Classificatória por comprimento do veículo e velocidade

Empresa
Saneamento
Transito
Contato